sexta-feira, 27 de junho de 2008

A volta dos cátaros

Já houve um punhadinho de heresias ao longo dos séculos que pregavam uma Igreja apenas para os puros. O pecador aí não tinha lugar. Claro, seria um fracasso de público estonteante, pois provavelmente só a Virgem Maria (e, acho, São João Batista) teria lugar ali.

Cátaros sendo expulsos de Carcassone

Mas vejam só, a Veja Online acha que o Papa quer relançar a campanha para que só os puros tenham acesso pleno à Igreja:

Papa diz que só 'puros' devem receber a comunhão
Vejam um trechinho da reportagem:

Segundo ele, somente os "puros" e os que não estejam manchados pelo pecado podem receber a comunhão.
Pois bem, a notícia é do dia 23 - só estou comentando agora porque demorou um pouco para o Vaticano colocar a homilia na internet. Ela foi pronunciada via satélite, no encerramento do Congresso Eucarístico Internacional em Quebec, no Canadá (aliás, uma cidade muito simpática, recomendo a visita).

Acontece que o Papa não disse isso. O que ele disse é diferente:

This is why we must do everything in our power to receive him with a pure heart
(o Vaticano ainda não tem a homilia em português)

Ou seja, que nós devemos nos esforçar o máximo para receber a Eucaristia "com um coração puro". O pecado que nos impede de comungar é apenas o pecado grave, ou mortal. O pecado venial, como o Papa diz, realmente atrapalha a ação da Graça em nós, mas não é um impedimento para a comunhão.

O problema é alguém ler o texto da Veja Online e passar a ter crises de escrúpulos...

4 comentários:

Captare disse...

Outro problema é o fato de a Veja tentar, de forma sutil, ridicularizar a disposição necessária para o recebimento do Santíssimo Sacramento, que a de não estar em pecado mortal.

A triste realidade é que hoje cresceram muito as filas da Comunhão, mas diminuíram drasticamente as filas da Confissão. Longe de isso indicar que o povo esteja pecando menos, indica uma grande ignorância sobre o que é pecado e uma banalização da Eucaristia. Já cheguei a ouvir aqui na minha paróquia que "evitar de receber a Eucaristia, quando se está em pecado seria uma tentação demoníaca. Pois seria ela que nos daria forças, assim 'magicamente', para nos confessarmos"...

Isso pra ficar em apenas um exemplo...

Miserere Nobis, Domine!

José Roldão disse...

Caro Márcio,
Paz!

Venho parabenizá-lo pelo blog. Muito bem escrito e informativo. Precisamos de mais blogs com teor semelhantes a este.

Dominus sit in corde tuo

José Roldão

Vinnnie disse...

É realmente triste. Ah, como a Sagrada Escritura é atual:

"Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si."
(II Timóteo 4,3)

Como o papa não pode se calar a Verdade diante do mundo, o mundo procura distorcê-la.

Matheus Cajaíba disse...

Seu blog é uma beleza... Já comentei, sempre que dou uma lida por aqui ganho o dia.
Faça um esforço e escreva com mais frequencia, idiotices sobre a Igreja Católica são publicadas todos os dias na imprensa...

Um grande abraço!

Matheus Cajaíba
Sabará/MG