quarta-feira, 1 de julho de 2009

Meus colegas exigem a minha volta

Pois é, amigos. Tenho andado bem ocupado cuidando do Tubo de Ensaio e do blog do Veritatis Splendor, do qual sou editor. Mas a notícia do Estadão online de hoje é tão, mas tão estúpida, idiota, imbecil, canalha mesmo, que preciso voltar aqui e mostrar pra vocês.

Vejam que título tosco:

Papa destitui bispo de PE que puniu vítima de estupro

Aqui, as únicas informações verdadeiras são que
1. houve uma decisão do Papa
2. o bispo era de Pernambuco
3. houve uma vítima de estupro

Fora isso, é tudo mentira. Os verbos estão todos errados.

Primeiro, que o Papa não "destituiu" ninguém. Ele simplesmente aceitou a renúncia de dom José, que já havia sido apresentada há um ano, quando o arcebispo completou 75 anos. Isso até chega a ser explicado na reportagem, ou seja, não há justificativa para afirmarem que dom José foi "destituído".

Segundo, que dom José não puniu a menina. Ele afirmou até não poder mais que a menina não estava excomungada. A canalhice persiste na reportagem:

(...) protagonizou um escândalo internacional ao excomungar uma menina de nove anos que passou por um aborto depois de ter sido violentada sexualmente pelo padrasto. (...) O arcebispo de Olinda e Recife se envolveu em um escândalo internacional no dia 5 de março, quando anunciou publicamente que o médico que realizou o aborto, a mãe que o autorizou e a menina vítima de estupro estavam sumariamente excomungados.
Mentira, mentira deslavada! É inacreditável que um jornal do porte do Estadão seja capaz de passar adiante um desvario desse tamanho!

E o pior é que vai haver muitos jornais reproduzindo essa insanidade...

Editado dia 2, 9h52 O Estadão consertou a matéria, mudando o título e retirando qualquer referência à suposta excomunhão da menina. Muito bem! Só não informou os leitores de que era uma errata. Mas tudo bem, a URL da reportagem continua atestando o crime cometido anteriormente...

4 comentários:

Danielle disse...

Desse jeito até eu posso ser jornalista do Estadão. =P
Sr. Marcio, continue com o blog. Gosto bastante e até acompanho pelo feed.

Paz e Bem!

Thiago disse...

Estadão não é aquele que anda com uma campanha tosca pedindo assinaturas pelas quais se paga o quanto achamos que vale?

E se a gente achar que não vale nada?

Na boa, como diz por aqui um colega meu: "O mundo tá acabando!"

Manzoni disse...

Que bom que voltaste!

Leonardo Campos disse...

Poxa vida, porque ninguém processa esses caras?